segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

UM COMENTÁRIO DE JOÃO 3.16




“Alguns argumentam que o termo ‘mundo’ aqui simplesmente tem conotações neutras — o mundo humano criado. Mas o uso característico de ‘o mundo’ (ho kosmos) em outro lugar na narrativa é com conotações negativas — o mundo em sua alienação e hostilidade aos propósitos do seu criador. Faz mais sentido em um contexto soteriológico ver a última noção como em vista. Deus ama aquilo que se tornou hostil a Ele. A força não é, então, que o mundo é tão vasto que é preciso uma grande dose de amor para abraçá-lo, mas em vez disso que o mundo se tornou tão alienado de Deus que é necessário um tipo de amor extremamente grande para amá-lo de alguma maneira.”

A. Lincoln, The Gospel According to St. John (Henrickson 2005), 154.

Tradução: Francisco Alison Silva Aquino


Nenhum comentário:

Postar um comentário